Operação do Exército ocupa 140 km de fronteira no Oeste

Trabalho iniciado nesta semana pretende repreender crimes de contrabando e descaminho.

A Operação Ágata foi iniciada no Oeste de Santa Catarina nesta segunda-feira, dia 20. Conduzido pelo Exército, o trabalho também se estende pela faixa de fronteira do Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O principal objetivo é repreender o contrabando de armas, munição, entorpecentes e outros produtos ilegais, além do descaminho de produtos como fertilizantes e medicamentos.

A faixa de fiscalização no Oeste de Santa Catarina é de 140 quilômetros, entre os municípios de Dionísio Cerqueira e Itapiranga, prosseguindo para o interior, até as cidades de Paraíso e Xanxerê, totalizando uma área operacional de cerca de 21.000 quilômetros quadrados.

Atuando em conjunto com outros órgãos de segurança pública, a operação prevê pontos de bloqueio com patrulhamento terrestre e aéreo, revista de pessoas, veículos, embarcações, aeronaves e instalações, favorecendo a fiscalização de produtos controlados e as buscas e apreensões.

Além da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, participam do trabalho a Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis, Ministério Público de Santa Catarina, Secretaria de Estado da Segurança Pública, Fiscalização da Fazenda Estadual, Companhia Integrada de Desenvolvimento Agropecuário de Santa Catarina (Cidasc), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Civil do estado.

Fonte: OESTEMAIS

Radio Efapi com informações Portal Aconteceu

Adicionar aos favoritos o Link permanente.