Homem morto por atirador em Pinhalzinho era professor do IFC de Concórdia

Juares Ogliari, de 47 anos, foi morto com quatro tiros na noite deste domingo, 31, quando um atirador invadiu a casa onde uma família e amigos realizam uma festa da virada de ano, na Linha Boa Vista, interior de Pinhalzinho. A vítima levou quatro tiros, sendo atingido no tórax, na face, na perna e de raspão no braço. Ele foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Ogliari era natural de Pinhalzinho mas trabalhava no Instituto Federal Catarinense de Concórdia como professor. A notícia foi confirmada através do Facebook pelo diretor do IFC, Nelson Golinski.

O corpo está sendo velado na igreja da Linha Boa Vista e o sepultamento acontece nesta terça-feira, 02, no cemitério da localidade.

A mãe dele, de 86 anos, levou um tiro em um dos seios e outro na perna e está internada em estado grave, segundo a PM. De acordo com os bombeiros, outras duas mulher ficaram feridas. Uma em uma das pernas, outra nas duas pernas. Um homem também foi atingido nas pernas.

Já a polícia informou que os baleados seriam duas mulheres e três homens: Ogliari, a mãe e a mulher dele e dois amigos da família.

Fonte: Rádio Rural/Portal Peperi

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.