Homem é preso preventivamente por tentativa de homicídio qualificado em 2012 em Chapecó

Foto: Polícia Civil/Divulgação.

Chapecó – A Polícia Civil, através da sua Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, prendeu preventivamente, na tarde desta quarta-feira (17), um homem de 40 anos de idade, pela prática de dois crimes contra a vida, cometidos ainda no ano de 2012, quando desde então estava foragido.

Na ocasião dos crimes, jogava baralho em um centro comunitário do Bairro Bela Vista, na cidade de Chapecó, sendo que, após um desentendimento com os demais jogadores, saiu do bar, retornando cerca de quinze 15 minutos depois, momento em que se dirigiu à mesa de seu desafeto, puxou uma arma de fogo e perguntou à vítima E. V. (na época com 36 anos de idade): “você que é o macho do baralho?”. Sem que a vítima pudesse responder, o autor efetuou quatro disparos contra ela, que, mesmo sendo socorrida, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Outro indivíduo (de iniciais C. B.), amigo da vítima, objetivando cessar a agressão, arremessou uma cadeira contra o autor, que, então, também efetuou disparos contra ele, fugindo em seguida. C. B., felizmente, depois de receber atendimento médico, resistiu aos ferimentos.

O Inquérito Policial [documento que formaliza a investigação policial] havia sido concluído pela Divisão de Investigação no mesmo ano do crime, resultando no indiciamento, pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e por tentativa de homicídio. Devidamente instruído, o Delegado de Polícia titular da DIC havia representado pela prisão preventiva do investigado, a qual fora deferida pelo Poder Judiciário.

Nesta quarta-feira foi realizada a terceira operação da DIC a fim de prender o homicida, tendo em vista que, nas anteriores, ele havia logrado êxito em fugir mato adentro, diante do local de difícil acesso em que se escondia. Ainda hoje, tentou novamente a fuga, mas desta vez não esperava que sua propriedade agrícola estivesse toda cercada por policiais civis, vindo, enfim, a ser preso.

Rádio Efapi com informações do Diário Chapecó.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.