Começa oficialmente a vigésima edição da Efapi

Uma cerimônia marcada pelo otimismo e por homenagens marcou a abertura oficial da vigésima edição da Exposição-Feira Agropeciuária Industrial e Comercial de Chapecó (Efapi). A solenidade reuniu autoridades políticas, como o governador do Estado, João Raimundo Colombo,  o ministro da Saúde Ricardo Barros,  o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon,  o presidente da Feira, Josias Mascarello, o vice-presidente Elio Cella e o coordenador geral da, Marcio Ernani Sander, além de  entidades empresariais e lideranças regionais.

O governador  Raimundo Colombo reforçou a importância da Efapi no cenário econômico de Santa Catarina.  “ É fundamental destacar a força do oeste catarinense. Durante a crise, as lideranças conseguiram proteger empregos e a renda, reduzindo os impactos negativos. Hoje, vivemos um periodo de retomada do crescimento, construindo um novo cenário e a Efapi coroa esse momento.”

A última edição da Efapi havia sido realizada em 2013. A Comissão Central Organizadora preferiu esperar mais dois anos para realizar em 2017, ano do centenário do município e dos 50 anos da Feira, a maior Efapi de todos os tempos. “São 20 edições desse evento, que começou pela coragem e espírito inovador de um grupo de voluntários e se transformou em uma referência para o Estado,  para o Brasil e Países do Mercosul.  Não medimos esforços para proporcionar uma experiência única aos nossos visitantes”, afirma o presidente da Feira, Josias Mascarello.

Durante 10 dias, o Parque de Exposições Tancredo Neves oferece aos visitantes uma síntese da economia do grande oeste catarinense. Setores como agronegócio, indústria, comércio, serviços, automóveis, tecnologia, informática e móveis estão fortemente representados na Feira, por meio de 400 expositores que mostram aquilo que a região tem de melhor.

A Efapi surgiu em 1967, para marcar os 50 anos de Chapecó. Hoje, é o principal evento dos 100 anos do município. “ Chapecó está em festa. A Efapi é o principal evento do centenário e é com muita alegria que damos início a mais uma edição. O parque de exposições nunca esteve tão bonito e tão acessível a todas as famílias. Estamos prontos para fazer uma grade festa”, afirmou o  o prefeito Luciano Buligon.

Uma Comissão Central Organizadora e 20 comissões setoriais formadas por 120 voluntários trabalharam durante seis meses na preparação da feira. Foram criados 3.500 empregos temporários e as obras e serviços adquiridos para a preparação injetaram 13,5 milhões de reais na economia local. O coordenador geral Marcio Ernani Sander destacou o empenho e homenageou com uma salva de palmas todos os envolvidos. “Foram meses de muita dedicação, pensando em cada detalhe, executando melhorias na estrutura do parque. Tudo para garantir que as famílias chapecoenses possam desfrutar do evento com tranquilidade, conforto e segurança”.

Durante a abertura, o ministro da Saúde Ricardo Barros falou sobre a visita que realizou ao Hospital Regional do Oeste e anunciou recursos para a compra de equipamentos. “Ficamos muito impressionados com o comprometimento da equipe e estrutura do Hospital. Nesse momento de recuperação da economia, estamos ampliando o acesso à saúde.”

A cerimônia teve ainda momentos de emoção e descontração com personagens que fazem parte da história da Efapi. A palhaça Barrica e o Palhaço Chicote participaram da solenidade, trazendo o bolo do centenário de Chapecó. Já o cerimonialista Casemiro Roberto, que esteve presente nas 20 edições da Feira e se tornou a voz oficial do evento recebeu das mãos do prefeito e do coordenador geral uma placa em reconhecimento ao trabalho realizado.

Esse ano, a expectativa de negócios gira em torno dos 150 milhões de reais. Mas além do aspecto econômico, a feira também se destaca pelas ações de entretenimento, que a colocam no calendário dos grandes shows nacionais. Nessa edição, 14 atrações subirão ao palco da Arena de Shows, contemplando os mais diversos gêneros musicais.

INGRESSOS

O ingresso-visitante para o parque custa R$ 25,00. Os estudantes pagarão apenas meio ingresso (R$ 12,50), mas devem apresentar documento com fotografia que comprove a condição estudantil. A entrada é gratuita para crianças até 12 anos, pessoas com mais de 60 anos, pessoas com deficiência e seu acompanhante. Idosos devem apresentar documento para comprovação de idade. Para estimular a visitação foram estabelecidos três dias de acesso gratuito: sexta-feira (dia 6), segunda-feira (dia 9) e terça-feira (dia 10).

No interior do parque existem três locais exclusivos e diferenciados cujo acesso exige a compra de ingresso adicional: On Stage, Camarote Coletivo Premium e Camarote Box.

As compras on-line podem ser efetuadas no site www.ingressonacional.com.br

Rádio Efapi com informações da MB Comunicação.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.