Com poucas oportunidades na Chape, Guerrero quer voltar para a LDU

Meia fez apenas duas partidas pelo Verdão. De férias no Equador, atleta diz estar negociando seu retorno ao time de Quito.

Ainda sem anunciar reforços, a Chapecoense pode perder o Fernando Guerrero para o futebol equatoriano. De férias no país, o meia afirmou para a rádio Área Desportiva que tem interesse em voltar a vestir as cores da LDU, clube que defendeu antes de acertar com o Verdão.

Emprestado para a Chapecoense até julho deste ano, Chiqui Guerrero não teve muitas oportunidades em 2017. O jogador chegou na metade da temporada e esteve em campo em apenas duas partidas, contra Bahia e Coritiba, ambas saindo do banco de reservas. Uma lesão de alto grau na coxa diagnosticada em agosto também impediu o atleta de ter sequência com a camisa verde e branca.

O atleta afirmou que ainda tem contrato com o Leones Negros-MEX, mas que se interessa por um retorno a LDU. Além disso, afirmou que o colega, o atacante Cristian Penilla, também tem intenção de deixar o time catarinense.

– Eu ainda pertenço a Leones Negros e tenho mais seis meses de contrato com a Chapecoense, mas não me senti muito confortável porque não estava jogando. Cristian (Penilla) também não queria ficar na Chapecoense, quer jogar e ter continuidade. Um jogador não pode perder muitos meses sem jogar – disse o meia.

Ainda de acordo com o atleta, ele conversou com o técnico da equipe equatoriana, Pablo Repetto e disse que falta apenas um acordo para selar um novo contrato.

– Eu falei com o professor (Pablo Repetto) alguns dias atrás e só depende de chegar a um acordo para o meu contrato. Meu representante é quem cuida de tudo, eu não cuido nada além de estar pronto e jogar – revelou.

A reapresentação da Chapecoense está marcada para a próxima quinta-feira, às 16h30 (de Brasília), na Arena Condá. A estreia do clube na temporada ocorre no dia 17 de janeiro, contra o Concórdia, pelo Campeonato Catarinense.

Fonte: GLOBO ESPORTE

Adicionar aos favoritos o Link permanente.