Bombeiros registram mais de 200 focos de incêndio em vegetação

Foto: 1°BBM

O levantamento dos números de incêndios florestais ou de vegetação em Santa Catarina foi feito pela Diretoria de Tecnologia e Informação do Corpo de Bombeiros Militar e levou em consideração todos os registros feitos nos 14 Batalhões distribuídos no estado, entre os dias 21/7 e 28/7, em que foram registradas um total de 206 ocorrências. A incidência maior, concentrando 25% das ocorrências registradas nesta semana, foram nas áreas do 6° e do 14° Batalhões, nas regiões de Chapecó e Xanxerê, respectivamente. Neste ano, os números já chegam a 1006 casos registrados.

A segunda região do estado mais atingida por incêndios em vegetação nesta semana foi a área do 4° Batalhão, no sul do estado, em Criciúma. Na grande Florianópolis, nos Batalhões de São José e da Capital as ocorrências ao longo da semana são de 10% em cada região, do total de casos registrados no estado. As áreas mais atingidas na ilha foram no Rio Vermelho e Rio Tavares, já em São José, os focos foram concentrados em terrenos às margens da rodovia BR 101.

O aumento nos casos de incêndios florestais e em vegetação se devem a uma soma de fatores climáticos e de ação humana. Entre os fatores de clima, destacam-se a baixa umidade relativa do ar, com um período de estiagem em todo estado. Outro fator agravante foi a onda de frio que se abateu por Santa Catarina no início do mês. “Este tipo de incêndio é dependente de dois fatores: de combustíveis secos e de umidade baixa, com as fortes geadas que ocorreram há poucos dias, grande parte da vegetação morreu, principalmente as gramíneas que estão extremamente secas nesse momento devido ao longo período sem chuvas. Esses fatores aumentam o risco de incêndios florestais e deixam sua propagação muito rápida, dificultando as ações dos Bombeiros. ” explica o Major Walter Parizotto, Comandante do 14° Batalhão.

 

COMO EVITAR:

Para evitar incêndios em vegetação, o Major Parizotto orienta a população a seguir algumas recomendações:

Evitar queimadas, seja para plantio ou queimadas de lixo, em áreas próximas a vegetação ou terrenos;

Não jogar cigarro em terrenos limítrofes de rodovias;

Não acender fogueiras;

Prestar atenção a ligações elétricas mal feitas em áreas de vegetação.

Em caso de ocorrências de fogo em vegetação, acione o Corpo de Bombeiros Militar por meio do telefone 193.

Texto: Krislei Oechsler- Jornalista- CCS-CBMSC

 

Adicionar aos favoritos o Link permanente.